segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Seguir vivendo...





Queria ser bem velho para poder ter visto se encontrarem e chegarem juntos a Belém os três reis do Oriente. Queria ter sabido como se encontraram. Contento-me em me deixar guiar pela poesia de Sophia.


Queria ser velho, mas muito velho mesmo. Ter todas as idades para poder ter visto, em campo, jogarem Pelé e Eusébio.





Quero ser mais que velho gagá, ãhã! Quero ficar um velho gagá, caquético e repetitivo, capaz de contar a mesma estória, para a mesma pessoa, dezenas de vezes. Para pessoas diferentes, contar-se-ia às centenas. Ah, ser um ancião. Quero ser translúcido: a luz passaria por mim, sem refletir, indicando que pouco de material restava. A caquexia será de grande ajuda: dois terços do que se produz no mundo, hoje, podem ser classificados como lixo, e eu estaria quase livre de ouvir e ver isso chegar perto dos quatro quintos. Esse ranço, graças a Deus, já é sinal de que estou envelhecendo. Na verdade, sempre senti essa nostalgia do Paraíso, que um dia sei que traduzirei por sonsice de velho. Ou, talvez, poesia. Isto será meu último orgulho. A minha sonsice de velho me elevará a senhor do meu silêncio, essa centelha divina que mora em mim e que, ainda jovem, a palavra trai.

Imagens: Google
Texto: Gilson. 


7 comentários:


  1. Sabes o que eu quero? Ler-te deste modo transprente!

    Beijinho

    ResponderExcluir
  2. Dois trechos que destaco como extremamente poéticos: "nostalgia do Paraíso, que um dia sei que traduzirei por sonsice de velho. Ou, talvez, poesia. " e o magistral fecho do texto: "A minha sonsice de velho me elevará a senhor do meu silêncio, essa centelha divina que mora em mim e que, ainda jovem, a palavra trai. Belo e sensível: é um prazer ler sua postagem. Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Passando para ver se já imagina 2014!?

    ResponderExcluir
  4. Ser viejo es despojarte de hipocresías, complejos, ataduras; ser viejo es ser libre, libre para decir, libre para hacer, libre para pensar; ser viejo es ser tú mismo y hacer lo que más te gusta sin pedir permiso. Besicos.

    ResponderExcluir
  5. Que la luz del nuevo año nos aporte más cordura, sensatez, comprensión y podamos vivir en armonía con paz e ilusión.
    Un cariñoso abrazo, Pilar

    ResponderExcluir
  6. ¸.•°♡♡♫° ·..

    Ser velho leva a compreensão e aceitação do outro... o que torna o mundo melhor.
    Boa semana!
    °º✿♫ Beijinhos.

    ResponderExcluir
  7. Como já algum tempo que não lhe fazia uma visita, hoje passei por aqui
    afim de ver e ler os seus trabalhos, fico grato a Deus pela sua firmesa e
    dedicação à causa de Rei dos reis.
    Desejo que continue a dar-nos bons textos e a ser ser um instrumento
    nas mãos do grande Oleiro.
    Sou António Batalha, do Peregrino E Servo.
    Deixo-lhe a minha bênção, e que a paz de Jesus encha sempre seu coração.
    Abraço.

    ResponderExcluir