quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Sophia

Quase me esqueço: ontem 06, foi aniversário de Sophia.
Vai a lembrança, em tempo.

__



AUSÊNCIA

Num deserto sem água
Numa noite sem lua
Num país sem nome
Ou numa terra nua

Por maior que seja o desespero
Nenhuma ausência é mais funda do que a tua.

Sophia de Mello Breyner Andresen

__

3 comentários:


  1. Nenhuma! De facto, nenhuma!

    Beijo, Gilson.

    Laura

    ResponderExcluir
  2. MMMMM! Que maneira linda
    de falar poeticamente
    da saudade.
    Amei.
    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Olá!!! Bom dia!!!
    Versos intensamente belos e de profundo significado!
    Amei de verdade, poeta!!!
    Abençoado fim de semana lhe desejo!
    Abraços, ternura e sorrisos!

    ResponderExcluir